Quem Somos

Diretoria

Estatuto

Notícias

Dia a dia Afago

Seus Direitos

Cultura

Recordando o BB

Galeria de Fotos

Aniversariantes

Projetos

Associe-se

Convênios

Jornal da AFAGO

Fale Conosco

Página Principal

 
 
Nº de Visitas:
 

 
 
20080603_Posse_Novos_Dirigentes 


Renovação dos dirigentes da PREVI

A posse dos novos dirigentes eleitos e indicados da PREVI ocorreu na segunda-feira, 2/6, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro. A cerimônia foi conduzida pelo presidente Sérgio Rosa e quatro dirigentes que deixavam o cargo fizeram discurso, cuja tônica foi o agradecimento.

Renato Chaves, que se despedia da Diretoria de Participações, agradeceu ao presidente Sérgio Rosa, “que me convidou sem me conhecer e ao longo desses seis anos foi sempre uma pessoa muito leal, serena nas suas atitudes, mas sempre muito firme”. Também agradeceu aos técnicos da PREVI, “que tiveram a paciência de ensinar aquele que com muita humildade chegou querendo aprender”.

“A gente apenas passa por lá, o corpo gerencial e técnico da PREVI fica. Os funcionários me ajudaram muito a cumprir minha responsabilidade”, agradeceu o diretor de Investimento, José Reinaldo, que deixava o cargo. “Tenho muito orgulho de ter ajudado a contribuir para a imagem que a PREVI tem hoje, caracterizada por superávit consistente, melhoria de benefícios para associados e no modo como é percebida pelo mercado”, resumiu.

A presidente do Conselho Fiscal afirmou ter sido uma “honra trabalhar na PREVI” e que sai “com a sensação do dever cumprido”. Paulina Pasquina também agradeceu “à Diretoria da PREVI, que facilitou muito nosso trabalho, aos técnicos da PREVI e à convivência dos conselheiros eleitos e indicados”.

O presidente do Conselho Deliberativo, Aldo Luiz Mendes, lembrou quando chegou à PREVI, a “visão que tinha da Entidade  era meramente a de participante. Ao longo do tempo a PREVI foi revelando para mim sua complexidade, grandezas, contradições, importância.” Ele acrescentou ainda que a Instituição “não teria chegado à maturidade, à situação em que se encontra hoje se não fosse a gestão que teve. A interação entre Conselhos e Diretoria Executiva se deu de forma muito tranqüila, muito objetiva, voltada sempre para o que é melhor para o fundo. Os interesses da PREVI e do participante vinham sempre em primeiro lugar. Esse foi talvez o principal fio condutor que nós usamos para costurar as divergências, as dificuldades, as diferenças de interpretação”.

Após as despedidas, Sérgio Rosa chamou os novos dirigentes que tomavam posse. Parabenizou a todos e desejou sucesso. Também lembrou que é esperado que os dirigentes ajam “com transparência, competência, inteligência, integridade, lealdade ao fundo, realmente como agente fiduciários dessa poupança importantíssima de milhares de trabalhadores do Banco do Brasil”. Em seguida, dois novos empossados falaram em nome de todos: José Ricardo Sasseron, diretor de Seguridade reeleito, e José Maria Rabelo, presidente do Conselho Deliberativo.

Sasseron explicou a escolha do nome da chapa eleita, Competência, Segurança e Mais Benefício. Segundo ele, “competência espelha como devem ser geridos o recurso dos 170 mil associados, com responsabilidade. Segurança é fundamental para quem hoje aplica seus recursos na PREVI e tem expectativa de transformá-los em benefício pelas próximas décadas, enquanto sobreviverem seus dependentes. Mais benefícios representa que o superávit alcançado deve ser transformado em benefício, em retorno maior para nossos associados”. Sasseron fez agradecimento especial “à família e aos meus pais, de 91 e 86 anos de idade, que não têm fundo de pensão e que estão aqui para me prestigiar”.

José Maria Rabelo lembrou que quando ingressou no Banco do Brasil e assinou a ficha de inscrição na PREVI, jamais poderia imaginar que hoje estaria tomando posse como membro diretivo. “Posso garantir a todos que tenho plena consciência da grande responsabilidade que temos. Acho que a nossa Caixa de Previdência não teria chegado ao ponto que chegou se não fosse o trabalho eficiente, competente, disciplinado, obstinado mesmo na defesa do interesse dos diversos públicos que sustentam a Instituição”, concluiu. 

 

 
 
 
 

 

04/06/2008 - PREVI 
 

Salários serão prejudicados caso reforma da previdência não seja aprovada
18/03/2019 - ANABB
Sim, estamos envelhecendo. E agora?
18/03/2019 - ANABB
IR 2019: contribuinte saberá se há pendência 24 horas após envio
25/02/2019 - ANABB
Mais dinheiro no bolso
12/02/2019 - ANABB
Para estes profissionais, sobram vagas no mercado
05/02/2019 - ANABB
Portabilidade entre planos de previdência cresceu 25% em 2018
29/01/2019 - ANABB
Bolsa se prepara para recorde de aberturas de capital em 12 anos
18/01/2019 - ANABB
A retomada dos IPOs
07/01/2019 - Isto é Dinheiro
Corte de cargos na agenda
03/01/2019 - CORREIO BRAZILIENSE - DF
Bancos públicos no Brasil: problema ou solução?
19/12/2018 - FOLHA - ON LINE
BC muda regra de compra no exterior com cartão
30/11/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
NO OLHO DA RUA
23/11/2018 - ÉPOCA
LUCRO DO BB CRESCE 11%
23/11/2018 - ISTO É DINHEIRO Editoria: DINHEIRO EM AÇÃO
Justiça/ POUPADORES A VER NAVIOS - A SEMANA
23/11/2018 - CARTA CAPITAL
Bolsonaro vai promover corte de cargos em bancos estatais
14/11/2018 - O ESTADO DE S. PAULO - SP
Dívida pública cresceu R$84 bi em setembro
05/11/2018 - ISTO É DINHEIRO
Cielo sob nova direção
05/11/2018 - ISTO É DINHEIRO
Campanha Natal Sem Fome 2018 é lançada neste domingo (4), em Cabedelo, PB
05/11/2018 - G1 - NACIONAL
JHSF paga R$ 450 milhões em dívida
25/10/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Ibovespa mostra força e está a um passo de iniciar um novo ciclo de alta
25/10/2018 - INFO MONEY
 
<<   <
>   >>    1649/1649 Registro