Quem Somos

Diretoria

Estatuto

Notícias

Dia a dia Afago

Seus Direitos

Cultura

Recordando o BB

Galeria de Fotos

Aniversariantes

Projetos

Associe-se

Convênios

Jornal da AFAGO

Fale Conosco

Página Principal

 
 
Nº de Visitas:
 

 
 
Pandemia impacta resultados do 1º trimestre da Previ 

 A crise gerada nos mercados pela pandemia do novo coronavírus impactou nos resultados do 1º trimestre da Previ. A queda nos indicadores financeiros, em especial da renda variável, refletiu no resultado acumulado do Plano 1, que registrou diminuição de 12,39%, representando um déficit de R$23,6 bilhões, e de 12,14% no Previ Futuro.

No boletim de desempenho divulgado, a Previ destacou o recuo de 26% da renda variável no período de janeiro a março. Embora significativo, foi menor que o do Ibovespa, que caiu 36,86% no primeiro trimestre. 

“Numa situação adversa tão brutal como a que estamos presenciando, ter investimentos com rentabilidades que recuam menos que as do mercado são um sinal importante de resiliência das carteiras de ativos. Não à toa, já superamos diversas crises em nossos 116 anos, como a de 2015. A rentabilidade dos anos seguintes foi positiva até a reversão completa do quadro em 2018”, ressalta à Previ em seu boletim de desempenho.

PREVI TEM LIQUIDEZ

Apesar dos resultados negativos, a Previ garante que possui liquidez para enfrentar desafios como esses e continuar a pagar as aposentadorias dos participantes com tranquilidade, sem precisar vender os investimentos em condições desfavoráveis.

A liquidez da Caixa de Previdência foi até mesmo referendada pelo presidente da Previc, Lúcio Capeletto. Em recentes declarações à imprensa, ele afirmou que a Previ ao lado de Petros e Funcef, é uma das instituições, que possuem níveis de caixa suficientes para manter o fluxo de pagamento dos benefícios. Atualmente, Previ, Petros e Funcef somam, juntos, cerca de R$ 365 bilhões em ativos.

 
 

19/05/2020 - ANABB 
 

Pandemia impacta resultados do 1º trimestre da Previ
19/05/2020 - ANABB
TCU identifica irregularidades em venda de subsidiárias
19/05/2020 - ANABB
Segunda parcela do 13º salário será paga em maio pela Previ
12/05/2020 - ANABB
Mais 5,4 milhões na miséria
20/04/2020 - Estado de São Paulo
Câmara aprova ampliação de validade da receita de medicamentos
13/04/2020 - Agência Câmara
Governo autoriza saques de R$ 1.045 do FGTS a partir de 15 de junho e extingue PIS-Pasep
13/04/2020
O mês em que o Brasil parou
13/04/2020 - ANABB
Coronavírus torna PEC emergencial prioridade, diz relator
16/03/2020 - ANABB
R$ 23 bilhões para o INSS
16/03/2020 - Correio Braziliense
A mamata acabou: a nova realidade dos sindicatos sem o imposto obrigatório
16/03/2020 - ANABB
Bancários vão ao Senado para debater MP 905
04/03/2020 - ANABB
Comitê realiza mobilização no Congresso em defesa das empresas públicas
04/03/2020 - ANABB
Governo avalia como regular taxação de seguro-desemprego
04/03/2020 - ANABB
ANABB conquista importantes avanços na MP 905
24/02/2020 - ANABB
A ANABB te ajuda a revisar a aposentadoria do INSS
24/02/2020 - ANABB
MP do Contrato de Trabalho Verde e Amarelo expõe visões opostas de juízes do Trabalho
23/02/2020 - ANABB
Aposentado deve R$ 138 bi
06/02/2020 - Correio Braziliense
Convênio INSS/CAIXA/FUNCEF é prorrogado
27/01/2020 - ANABB
BNDES pagou R$ 15 mi a mais por auditoria
27/01/2020 - ANABB
Banco Central amplia monitoramento de políticos
27/01/2020 - ANABB
 
<<   <
>   >>    1720/1720 Registro