Quem Somos

Diretoria

Estatuto

Notícias

Dia a dia Afago

Seus Direitos

Cultura

Recordando o BB

Galeria de Fotos

Aniversariantes

Projetos

Associe-se

Convênios

Jornal da AFAGO

Fale Conosco

Página Principal

 
 
Nº de Visitas:
 

 
 
INSS acelera desconto para segurado que perde revisão 

 

A instrução normativa 101 do INSS, que regulamenta pontos do novo pente-fino da Previdência, autoriza o órgão a iniciar descontos de valores nos benefícios de segurados que receberam aumentos provisórios na renda devido a revisões judiciais posteriormente revertidas.

 A medida pode atingir milhares de aposentados como, por exemplo, os beneficiários que conseguiram liminares para obter a desaposentação, anulada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

 Embora o desconto dos valores já estivesse previsto em medida provisória enviada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) em janeiro, a publicação da instrução "automatiza o débito nos benefícios de segurados que conseguiram antecipar tutelas posteriormente revogadas", afirma o advogado previdenciário Rômulo Saraiva.

 Antes da publicação da nova regra, a interpretação legal sobre o tema era que, antes de o INSS aplicar os descontos, a AGU (Advocaciageral da União) deveria informar, caso a caso, o juiz responsável pela ação.

 Além de criar um empecilho para revisões em massa, a discussão judicial dava ao segurado a possibilidade de evitar os descontos. "Em muitos julgamentos, juízes entendiam que não houve má-fé do beneficiário e, por esse motivo, o desconto não era autorizado", diz Saraiva.

 Instruções normativas são a principal ferramenta do INSS para informar aos seus funcionários sobre mudanças de procedimento, explica o presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários) Roberto de Carvalho Santos. Para ele, a inclusão dessa revisão em uma instrução revela a intenção do governo em tornar as cobranças automáticas, sem discussão judicial prévia.

 O INSS não comentou.

 

 

 

15/04/2019 - ANABB 
 

80% não receberam perdas com planos
24/04/2019 - ANABB
Banco diz que incêndio em agências é criminoso
24/04/2019 - ANABB
AGU desiste de recorrer em 50% das ações previdenciárias no STJ e STF
15/04/2019 - ANABB
INSS acelera desconto para segurado que perde revisão
15/04/2019 - ANABB
BB vende R$ 100 milhões em créditos sob litígio
08/04/2019 - ANABB
Pagamento da poupança: atraso dos bancos é um dos empecilhos para recebimento da indenização
02/04/2019 - ANABB
Norte-Sul atrai apenas dois grupos locais
26/03/2019 - ANABB
Salários serão prejudicados caso reforma da previdência não seja aprovada
18/03/2019 - ANABB
Sim, estamos envelhecendo. E agora?
18/03/2019 - ANABB
IR 2019: contribuinte saberá se há pendência 24 horas após envio
25/02/2019 - ANABB
Mais dinheiro no bolso
12/02/2019 - ANABB
Para estes profissionais, sobram vagas no mercado
05/02/2019 - ANABB
Portabilidade entre planos de previdência cresceu 25% em 2018
29/01/2019 - ANABB
Bolsa se prepara para recorde de aberturas de capital em 12 anos
18/01/2019 - ANABB
A retomada dos IPOs
07/01/2019 - Isto é Dinheiro
Corte de cargos na agenda
03/01/2019 - CORREIO BRAZILIENSE - DF
Bancos públicos no Brasil: problema ou solução?
19/12/2018 - FOLHA - ON LINE
BC muda regra de compra no exterior com cartão
30/11/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
NO OLHO DA RUA
23/11/2018 - ÉPOCA
LUCRO DO BB CRESCE 11%
23/11/2018 - ISTO É DINHEIRO Editoria: DINHEIRO EM AÇÃO
 
<<   <
>   >>    1656/1656 Registro