Quem Somos

Diretoria

Estatuto

Notícias

Dia a dia Afago

Seus Direitos

Cultura

Recordando o BB

Galeria de Fotos

Aniversariantes

Projetos

Associe-se

Convênios

Jornal da AFAGO

Fale Conosco

Página Principal

 
 
Nº de Visitas:
 

 
 
BB vende R$ 100 milhões em créditos sob litígio 

 

Banco do Brasil (BB) alcançou R$ 100 milhões em vendas de créditos sob litígio, oito meses depois de criar uma plataforma digital para negociar esses ativos.

 São empréstimos e financiamentos com garantia real - geralmente, imóveis - cobrados pelo BB na Justiça. Ao vendê-los com desconto, o banco deixa de ser credor e o comprador passa a ter o direito de cobrar a dívida e, se for o caso, ficar com a propriedade.

 O site que lista as operações foi colocado no ar em julho com 130 casos. Em novembro, o banco ampliou a plataforma com a oferta de mais mil créditos. Com isso, o volume de cessões já fechadas quintuplicou e há outros R$ 200 milhões em negociação, afirma Simão Kovalski, diretor de reestruturação de ativos operacionais do BB.

 Um novo lote de 2 mil operações deve entrar na plataforma em até 45 dias. "A expectativa é alcançar R$ 300 milhões em negócios até o fim do primeiro semestre", afirma o executivo.

 O banco vende os créditos com descontos que, em alguns casos, podem chegar a 50% do valor da dívida. Boa parte das operações se refere a créditos com garantia em propriedades rurais, mas também há terrenos e edifícios urbanos. Muitas vezes, os interessados são vizinhos ou concorrentes.

 Para o BB, a venda dos ativos tem reduz custos operacionais e processuais, além de liberar capital. "Dá mais agilidade", diz.

 Está nos planos do banco estender o modelo para créditos que tenham como garantia veículos. Porém, o BB ainda discute o formato ideal, já que são bens com depreciação rápida e os leilões já são uma forma eficiente de vendê-los.

 

 

 

08/04/2019 - ANABB 
 

Pandemia impacta resultados do 1º trimestre da Previ
19/05/2020 - ANABB
TCU identifica irregularidades em venda de subsidiárias
19/05/2020 - ANABB
Segunda parcela do 13º salário será paga em maio pela Previ
12/05/2020 - ANABB
Mais 5,4 milhões na miséria
20/04/2020 - Estado de São Paulo
Câmara aprova ampliação de validade da receita de medicamentos
13/04/2020 - Agência Câmara
Governo autoriza saques de R$ 1.045 do FGTS a partir de 15 de junho e extingue PIS-Pasep
13/04/2020
O mês em que o Brasil parou
13/04/2020 - ANABB
Coronavírus torna PEC emergencial prioridade, diz relator
16/03/2020 - ANABB
R$ 23 bilhões para o INSS
16/03/2020 - Correio Braziliense
A mamata acabou: a nova realidade dos sindicatos sem o imposto obrigatório
16/03/2020 - ANABB
Bancários vão ao Senado para debater MP 905
04/03/2020 - ANABB
Comitê realiza mobilização no Congresso em defesa das empresas públicas
04/03/2020 - ANABB
Governo avalia como regular taxação de seguro-desemprego
04/03/2020 - ANABB
ANABB conquista importantes avanços na MP 905
24/02/2020 - ANABB
A ANABB te ajuda a revisar a aposentadoria do INSS
24/02/2020 - ANABB
MP do Contrato de Trabalho Verde e Amarelo expõe visões opostas de juízes do Trabalho
23/02/2020 - ANABB
Aposentado deve R$ 138 bi
06/02/2020 - Correio Braziliense
Convênio INSS/CAIXA/FUNCEF é prorrogado
27/01/2020 - ANABB
BNDES pagou R$ 15 mi a mais por auditoria
27/01/2020 - ANABB
Banco Central amplia monitoramento de políticos
27/01/2020 - ANABB
 
<<   <
>   >>    1720/1720 Registro