Quem Somos

Diretoria

Estatuto

Notícias

Dia a dia Afago

Seus Direitos

Cultura

Recordando o BB

Galeria de Fotos

Aniversariantes

Projetos

Associe-se

Convênios

Jornal da AFAGO

Fale Conosco

Página Principal

 
 
Nº de Visitas:
 

 
 
Petros e Previ rejeitam proposta do Mubadala para comprar Invepar 

 Os fundos de previdência dos funcionários do Banco do Brasil (Previ) e da Petrobrás (Petros) rejeitaram a oferta do fundo soberano Mubadala, de Abu Dabi, para adquirir o controle da empresa de concessões de infraestrutura Invepar.

Previ e Petros consideraram os termos da oferta vinculante como "insatisfatórios" e a proposta foi rejeitada por ambos, segundo documentos apresentados ontem. Os dois fundos e a Funcef (dos funcionários da Caixa Econômica Federal) detêm 75,6% da Invepar.

 A OAS, também acionista da Invepar com 24,4%, disse que não está envolvida no projeto de venda da participação societária e "portanto não tem conhecimento de eventuais propostas vinculantes recebidas pela Invepar e ou pelos demais acionistas".

 Criada em 2000, a Invepar é uma holding que investe em infraestrutura de transportes. Na área de rodovias, detém participação em oito concessionárias, num total de quase 2 mil quilômetros.

 A empresa também tem importantes concessões de mobilidade urbana no Rio de Janeiro, como MetrôRio, Metrô- Barra e VLT Carioca.

 Em 2012, o grupo formou um consórcio com a operadora Aiport Company South Africa e venceu o leilão de licitação do Aeroporto de Guarulhos, o maior do País. Na época, o grupo deu um ágio de 373,5% para arrematar o ativo.

 Com dificuldades de liquidez e credibilidade abalada por sua ex-sócia OAS, empresa investigada pela Operação Lava Jato e que está em recuperação judicial, a Invepar já foi avaliada pela francesa Vinci e pelo grupo CCR - também envolvido na Lava Jato.

 Devolução. Com o escândalo de corrupção e a crise econômica, a Invepar passou a enfrentar problemas que a levaram a decidir pela devolução da concessão da BR-040, que liga o Distrito Federal ao Rio de Janeiro. A rodovia foi arrematada em dezembro de 2013. Com a crise econômica, a empresa alegou que as projeções de crescimento do tráfego na estrada não se concretizaram.

 Estradas

 2 mil km é a extensão de rodovias administradas por concessionárias que têm participação da Invepar

 

20/08/2018 - O ESTADO DE S. PAULO - SP 
 

BC muda regra de compra no exterior com cartão
30/11/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
NO OLHO DA RUA
23/11/2018 - ÉPOCA
LUCRO DO BB CRESCE 11%
23/11/2018 - ISTO É DINHEIRO Editoria: DINHEIRO EM AÇÃO
Justiça/ POUPADORES A VER NAVIOS - A SEMANA
23/11/2018 - CARTA CAPITAL
Bolsonaro vai promover corte de cargos em bancos estatais
14/11/2018 - O ESTADO DE S. PAULO - SP
Dívida pública cresceu R$84 bi em setembro
05/11/2018 - ISTO É DINHEIRO
Cielo sob nova direção
05/11/2018 - ISTO É DINHEIRO
Campanha Natal Sem Fome 2018 é lançada neste domingo (4), em Cabedelo, PB
05/11/2018 - G1 - NACIONAL
JHSF paga R$ 450 milhões em dívida
25/10/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Ibovespa mostra força e está a um passo de iniciar um novo ciclo de alta
25/10/2018 - INFO MONEY
Bancos defendem restrição de uso de dinheiro em espécie
18/10/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Conhea os direitos das trabalhadoras diagnosticadas com cncer de mama (Contábeis)
04/10/2018
Estatal dispara e Ibovespa recupera os 81 mil pontos
04/10/2018 - ANABB
EDP Brasil vai construir usina solar de 5 MWp para o Banco do Brasil em MG
04/10/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
NOTA DE FALECIMENTO
26/09/2018 - AFAGO
A via chinesa da cielo
24/09/2018 - ISTO É DINHEIRO
BB aprova mudança na Cassi - DESTAQUES
17/09/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Final feliz - RADAR
11/09/2018 - ANABB
Foco para Invepar agora é refinanciar dívida, diz presidente da Previ
11/09/2018 - ANABB
BB Seguridade vai propor premiação a funcionários em ações
04/09/2018 - INFO MONEY
 
<<   <
>   >>    1639/1639 Registro