Quem Somos

Diretoria

Estatuto

Notícias

Dia a dia Afago

Seus Direitos

Cultura

Recordando o BB

Galeria de Fotos

Aniversariantes

Projetos

Associe-se

Convênios

Jornal da AFAGO

Fale Conosco

Página Principal

 
 
Nº de Visitas:
 

 
 
Manifestação pública da ANABB sobre a Cassi 

 A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL - ANABB, representando aproximadamente 90 mil associados entre funcionários da ativa e aposentados do Banco do Brasil, vem manifestar publicamente sua preocupação com as graves consequências das ações do Governo Federal e do Banco do Brasil na ruptura de direitos conquistados pelo funcionalismo ao longo do tempo. 

É de notório saber que, com a proximidades das eleições, o Governo articula para manter o apoio de determinados grupos, mas, na contrapartida, extingue benefícios trabalhistas. O Banco do Brasil vem sofrendo constantes ameaças de privatização, redução de investimentos, fechamento de agências,  reestruturações no quadro de funcionários, o que gera medo sobre qual será o futuro do banco público mais antigo do Brasil.

Para completar o cenário de tensão, o Governo publicou, no início de 2018, a Resolução da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR) nº 23/2018, que traz uma série de prejuízos aos funcionários das estatais.  A norma dificulta o acesso aos serviços de assistência à saúde para os usuários dos planos de autogestão, como é o caso da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi), e impõe onerosidade excessiva para que os trabalhadores continuem mantendo esse direito duramente conquistado.

Para a Cassi, o cenário torna-se ainda mais grave em razão das dificuldades financeiras enfrentadas. A Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil passa por um momento delicado, pois, assim como os demais planos de saúde, sofre com o aumento das despesas assistenciais, provocadas pela inflação dos serviços médicos, que tem sido muito mais elevada que a medida pelos indicadores oficiais.

 

A ANABB conclama todos os funcionários do BB, ativos e aposentados, sobre a necessidade da unidade dos trabalhadores para manutenção dos direitos conquistados.

A ANABB, ao lado das demais entidades representativas dos funcionários do Banco do Brasil, se empenha para encontrar alternativas para salvar a Cassi. Entendendo que os funcionários do BB, da ativa e aposentados, vivem dias de agonia, e cientes de que o patrocinador detém enorme responsabilidade junto a essa população, a ANABB encaminhou uma série de ações para superação dos riscos iminentes, e que paralelamente possa dar o fôlego ao pleno funcionamento da Cassi.

 

Ao contrário do que se esperava, a direção do Banco do Brasil não aceitou a proposta apresentada e está disseminando o medo entre os funcionários, caso eles não aceitem a proposta que o Banco apresentou unilateralmente. A atitude vai contra o posicionamento insistentemente divulgado pelo Banco sobre a importância da participação de todos nas discussões sobre a Cassi.

Neste cenário complexo da conjuntura nacional, norteado pela retirada de direitos, a ANABB conclama todos os funcionários do BB, ativos e aposentados, sobre a necessidade da unidade dos trabalhadores para manutenção dos direitos conquistados. O momento exige grande mobilização, diante do retrocesso pelo qual estamos prestes a viver.

A ANABB assume o compromisso de buscar a unidade na ação para defesa das autogestões, pois precisamos avançar nos debates que colocam em risco a assistência dos participantes.  

A Cassi é tão importante para os associados quanto o é também para o Banco do Brasil, e interessa a todos uma solução duradoura, colocando, assim, um fim à angústia vivida por funcionários da ativa, aposentados, pensionistas, dependentes e demais familiares.

 

09/07/2018 - ANABB 
 

José Maurício Coelho é o novo presidente da Previ
16/07/2018 - PREVI
Manifestação pública da ANABB sobre a Cassi
09/07/2018 - ANABB
Lei Eleitoral restringe atos do poder público a partir de hoje
09/07/2018 - VALOR - ON LINE - SP
PL que concede isenção de IR aos idosos é aprovado em Comissão na Câmara
25/06/2018 - ANABB
Fusão entre BRF e Minerva volta a ser cogitada
07/06/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
BB prevê arrecadar R$ 27 bilhões em leilão de 26 imóveis em SP
05/06/2018 - VALOR - ON LINE - SP
Resgate de cotas do fundo é liberado para todas as idades
05/06/2018 - METRO - MG
Restrição aos fundos
21/05/2018 - CORREIO BRAZILIENSE - DF
Gustavo Franco defende privatizar bancos públicos em programa do Novo
17/05/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Fundos de pensão avaliam ação contra a Bradespar
09/05/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Gueitiro Genso permanece na Previ até 2022
03/05/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Cielo tem lucro líquido de R$ 1,007 bilhão no 1º trimestre (Economia & Mercados)
03/05/2018 - AGÊNCIA ESTADO
Presidente da BRF renuncia após 4 meses
25/04/2018 - O ESTADO DE S. PAULO - SP
Trapaças com aposentadorias
25/04/2018 - ANABB
UM NOVO IMPASSE NA BRF
18/04/2018 - ISTO É DINHEIRO
Quatro maiores bancos concentram 78,5% do crédito no país
18/04/2018 - JB - ON LINE - RJ
Fundos de pensão reduzem déficit em R$ 34,5 bi em 2017
18/04/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Auditoria contra novas fraudes em fundos de pensão (Editorial)
11/04/2018 - O ESTADO DE S. PAULO - SP
O tesouro escondido dos bancos
11/04/2018 - ISTO É DINHEIRO
O alívio não chegou
04/04/2018 - VEJA
 
<<   <
>   >>    1611/1611 Registro