Quem Somos

Diretoria

Estatuto

Notícias

Dia a dia Afago

Seus Direitos

Cultura

Recordando o BB

Galeria de Fotos

Aniversariantes

Projetos

Associe-se

Convênios

Jornal da AFAGO

Fale Conosco

Página Principal

 
 
Nº de Visitas:
 

 
 
Patagonia deve ser vendido a investidor estratégico 

 Banco do Brasil (BB) busca a venda do banco argentino Patagonia preferencialmente para um investidor estratégico, em um processo coordenado pelo J.P. Morgan, de acordo com duas fontes a par do assunto. A avaliação é que essa seria a melhor forma de o banco se desfazer de toda a participação na instituição argentina. O BB detém 58,97% do Patagonia desde 2010.

 

Não está descartada, porém, a possibilidade de o banco vender a participação por meio de uma oferta de ações, caso não prospere o processo de alienação para uma outra instituição financeira. Além do BB, outros dois acionistas relevantes do Patagonia são Jorge Guillermo Stuart Milne e Ricardo Alberto Stuart Milne, que possuem uma fatia de 9,03% cada. As ações em circulação no mercado representam 16,45%.

 

No dia 15 de março, o Banco Patagonia divulgou um fato relevante em resposta a notícia do jornal "El Cronista" segundo a qual os bancos Macro, Galicia y Buenos Aires e BBVA haviam entregado propostas não vinculantes de aquisição. No documento, a instituição financeira argentina disse que "não existem acordos nem negociações entre o Banco Patagonia e quaisquer das entidades mencionadas". O banco também lembrou que, em agosto do ano passado, o BB divulgou que estudava a possibilidade de talvez fazer uma oferta de ações do Patagonia.

 

O presidente do BB, Paulo Caffarelli, reafirmou ontem a intenção de fazer uma oferta de ações da instituição. O executivo disse que o banco está fazendo um trabalho de adequação de capital e que não considera nenhuma venda de ativos que fazem parte do negócio principal ("core business") do banco.

 

Ainda segundo Caffarelli, o BB não conta com nenhum tipo de aporte do Tesouro. "Tem alguns ativos que não fazem parte do ´core business´ do banco e que, se forem vendidos, vão reforçar ainda mais esse capital", afirma. Entre esses ativos, ele cita a participação na Kepler Weber, cuja venda foi anunciada em fevereiro, e na Neoenergia, que, segundo ele, pode no futuro ter uma "oportunidade que possa valer a pena". "Não estamos muito preocupados. Só se tiver boas oportunidades", disse.

 

O banco resiste em vender ativos ligados ao principal negócio do banco porque, à medida que a receita migra do crédito para serviços, seria como vender "fluxo de caixa futuro", segundo Caffarelli. "É o que fizemos com a BB Seguridade, mas isso sacrifica muito a estrutura de resultado", disse. "A gente não pretende neste momento vender cartão de crédito nem a DTVM [área de gestão de fundos de investimento] porque isso não agregaria nada no futuro", disse.

 

03/04/2017 - VALOR ECONÔMICO -SP 
 

Restrição aos fundos
21/05/2018 - CORREIO BRAZILIENSE - DF
Gustavo Franco defende privatizar bancos públicos em programa do Novo
17/05/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Fundos de pensão avaliam ação contra a Bradespar
09/05/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Gueitiro Genso permanece na Previ até 2022
03/05/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Cielo tem lucro líquido de R$ 1,007 bilhão no 1º trimestre (Economia & Mercados)
03/05/2018 - AGÊNCIA ESTADO
Presidente da BRF renuncia após 4 meses
25/04/2018 - O ESTADO DE S. PAULO - SP
Trapaças com aposentadorias
25/04/2018 - ANABB
UM NOVO IMPASSE NA BRF
18/04/2018 - ISTO É DINHEIRO
Quatro maiores bancos concentram 78,5% do crédito no país
18/04/2018 - JB - ON LINE - RJ
Fundos de pensão reduzem déficit em R$ 34,5 bi em 2017
18/04/2018 - VALOR ECONÔMICO -SP
Auditoria contra novas fraudes em fundos de pensão (Editorial)
11/04/2018 - O ESTADO DE S. PAULO - SP
O tesouro escondido dos bancos
11/04/2018 - ISTO É DINHEIRO
O alívio não chegou
04/04/2018 - VEJA
Justiça determina que Caixa e BB paguem abonos do PIS não sacados nos últimos 5 anos
04/04/2018 - INFO MONEY
ACORDO PREVI CESTA ALIMENTAÇÃO
22/03/2018 - ANABB
Solução a portas fechadas
13/03/2018 - ANABB
STJ adia julgamento da ação de correção do FGTS
12/03/2018 - ANABB
Banco do Brasil lança edital de concurso sem plano de saúde
12/03/2018 - ANABB
Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook
23/02/2018 - ANABB
Lewandowski valida acordo sobre planos econômicos dos anos 80 e 90
16/02/2018 - ANABB
 
<<   <
>   >>    1604/1604 Registro